quarta-feira, janeiro 29

Começo, meio e fim.

☠ | via Tumblr
Eu fico pasma como a gente perde certas coisas. Um começo de uma história, de um dia, de uma noite.
São tantas coisas que a gente não dá valor. Estar em meio á família, amigos, amores. É difícil você parar e olhar direito pra uma coisa, da maneira que ela merece ser olhada.
Nada é perfeito, nem ninguém também. Mas se pararmos pra ver, sentir, amar, saborear, tocar, pensar, talvez as coisas fiquem perfeitas.
Mas o perfeito não é aquilo sem defeitos. O perfeito é aquele que mesmo com defeitos e problemas lhe é agradável. Perfeito é aquilo que mesmo incompleto fica bonito aos olhos da alma.
Tudo é perfeito. E nada também.
E se a gente der atenção á essa perfeição, talvez não haja fim.

terça-feira, janeiro 28

Coisas pra fazer em 2014

Eae! Como prometido, o post sobre o que fazer em 2014.
Pra começar, suave?
Bom, eu separei algumas coisas que apesar de bobas, talvez façam esse ano valer mais a pena que os outros. Não pelo fato de que eu achei essas minhas ideias lindas de bonitas e mais inteligentes que a Hermione Granger. É claro que não.
É porque são coisas fáceis, que se vocês enfiarem na cabeça que vão fazer e realizem isso, vocês vão se sentir completos e realizados. Né?
1. Troque cartas com alguém
Agora com internet ninguém mais escreve, só na escola. Então é o seguinte, escolhe uma pessoa que você gosta muito e manda uma carta pra ela. Uma simples carta no mundo de hoje faz tanta felicidade! Eu queria ganhar uma carta cara, sério.
Vale dar uma de Charlie também e mandar várias cartas contando um pouco dos teus dias e o que tu sente pra alguém. Só não precisa ficar anônimo que nem ele :)

2. Veja o pôr do sol
Ok, todo mundo deve ter feito isso já. Mas mesmo assim, o pôr do sol continua lindo. Não é uma coisa pra se ver uma vez na vida, dizer que viu e tchau.
É tão perfeito, cara. A gente não repara, mas quanta coisa linda a natureza oferece e a gente nem liga muito.
Um pôr, um nascer, um estar.

3. Faça uma loucura na frente de um monte de gente
Vale abraçar um desconhecido, vale sair dançando ragatanga na rua, vale sair de pijama, vale acenar pra alguém que não conhece e até beijar um manequim.

4. Costure um bichinho de pelúcia e mande por correio pra alguém
Urso, pato, peixe, frankstéin. Sei lá. Costura alguma coisa, arranja um endereço de alguma criança e envia.
Não coloca seu endereço ok? E outra coisa, escreve uma carta explicando o porque daquilo. Só pra os pais não se assustarem e jogar o presente fora ok?

É isso gente. Espero que tenham gostado e que façam tá? 
Flw o_/*

Pote galáxia :3

Eae gente!!! 
Não sei se já dei um feliz 2014, mas enfim! FELIZ 2014"
Eu daqui a pouco vou fazer um post sobre "O que fazer em 2014", mas antes quero deixar um "tutorial" pra vocês. Não, não é de maquiagem, html nem nada disso.
É uma coisa muito mais perfeita que eu encontrei dando uns rolê num site. É perfeito pra decorar cara, eu me apaixonei.
Mas chega de suspense, hoje o tutorial é de:
Pote de Galáxia!!!!!!!
Até ontem eu não sabia que isso existia, mas ok...

Você vai precisar de:
Um pote
Água
Corante, gelatina, suco em pó, tinta de tecido, qualquer coisa que pigmente a água
Algodão
Glitter e/ou bolinhas brilhantes

Como fazer:
Primeiro coloque um pouco de água dentro do pote, um tanto que de pra misturar a tinta. Pegue seu pigmento de tons azuis, roxos e rosas e misture até a água pegar cor.
Agora pegue um maço de algodão e coloque dentro dessa mistura, quanto maior o pote, mas algodão você vai precisar.
Quando tiver emergido o algodão na água colorida, despeje um pouco de glitter, mas não muito. Agora coloque mais um pouco de água e feche o pote. Balance.
Abra o pote novamente e jogue mais água. Agora mais um maço de algodão. Corante de cor próxima a primeira, pra fazer meio que um degradê. Mais glitter e mais água.
Feche o pote e chacoalhe. Deixe descansar por uns minutos e voilá! :3

Eu vou colocar um vídeo pra vocês entenderem melhor e tals ok?
Não é o mesmo que eu vi, mas é praticamente igual ok?
Flw o_/*



domingo, janeiro 12

Novidadee!
Agora vou tentar sempre colocar uma foto aleatória que eu goste tá?

O corpo que cai

O corpo que cai. Porque vê no espelho sua tristeza. Porque vê no espelho que não tentou.
E que por todo esse tempo pensou ser feliz. E hoje vê que tudo é uma ilusão.
E isso machuca.
E o corpo cai.
Porque talvez assim, a alma levante.

Meu bebê atual

segunda-feira, janeiro 6

Toda positividade!

Eae! Suave?
Espero que sim, porque agora é um novo ano, nova vida, nova história e nós teremos, se Deus quiser, mais 365 dias pra escrever mais um capítulo de nossas vidas!
Que vocês estejam sempre repletos de paz, felicidade, harmonia, dinheiro e eu em suas vidas!!!
Que vocês sempre consigam alcançar suas metas e objetivos, e que cada luta não seja em vão!
Mas enfim, além de tudo isso que eu desejo á vocês, trouxe um texto de fim de ano, ano novo, realizações, etc.
Espero que gostem!

Novo ano, novo espírito.


Novo ano. Nova vida. Novo espírito. Mais 365 dias.
Mais um "capítulo".
Mais uma chance de mudar o que precisa ser mudado, e aperfeiçoar o que precisa ser aperfeiçoado. Mais uma chance de viver momentos especiais.
E um novo ano serve pra isso. Pra renovar a vida e levar os momentos ruins embora.
Limpar e salvar nossos espíritos de coisas que não nos fazem bem.
Porque isso é ser novo, isso é renovar.
Toda a positividade aê!
Vlw!

domingo, janeiro 5

As vantagens de ser invisível

Eae! Suave?
Mais uma resenha! ÊÊÊÊÊ! \o/ -sqn
Mas é sério, mais uma resenha!
Já faz um tempo que eu li esse livro, mas eu tava pensando em fazer um vídeo porque quero começar um vlog literário e tals. Mas como eu não tomo vergonha na cara, decidi fazer a resenha escrita mesmo, porque eu sinceramente acho que esse livro merece cara. Sério. Então é isso. Bora?

Charlie é um garoto meio problemático que não tem amigos. Ele está entrando no ensino médio, e conta sua vida por cartas a um amigo anônimo á nós.
Começando o ano sem nenhum amigo, Charlie acaba fazendo amizade com seu professor de Inglês, que pra quem for meio lerdo que nem eu é tipo como se fosse nosso professor (a) de L.Portuguesa, que começa a emprestar livros a Charlie pra que ele escreva sobre os livros como um ipo de trabalho extra. Mas que não vale nota. Ou vale. Não sei bem.
Mas ele também conhece o Nada. o Nada nada mais é que o Patrick, um garoto que vive fazendo palhaçada na sala. Graças ao Patrick, Charlie conhece a Sam, uma garota que logo desperta um sentimento nele. Mas claro que ele ahca que Patrick e Sam são namorados.
Mas não são. E isso deixa Charlie, muito, muito feliz.
Logo Charlie cria novas amizades, começa a frequentar festas, beber, fumar e se drogar. É, isso mesmo.
Aos poucos a gente vai entendendo porque o Charlie é problemático e quais são seus traumas. A gente também começa a montar o quebra-cabeça de quem é o Charlie.
Eu sou completamente apaixonada por esse livro e recomendo totalmente :3

"A gente aceita o amor que acha que merece" - Bill
Página 35

"Eu me sinto infinito" - Charlie
Página 43

Em uma folha de papel amarelo com linhas verdes
ele escreveu um poema
E o intitulou "Chops"
porque era o nome de seu cão
E era o que estava em toda parte
E seu professor lhe deu um A
e uma estrela dourada
E sua mãe o abraçou à porta da cozinha
e leu o poema para as tias
Era o ano em que o padre Tracy
levava todas as crianças ao zoológico
E ele deixou que cantassem no ônibus
E sua irmãzinha tinha nascido
com unhas minúsculas e nenhum cabelo
E sua mãe e seu pai se beijavam tanto
E a garota da esquina mandou para ele
um cartão de Dia dos Namorados assinado com vários X
ele teve de perguntar ao pai o que significava X
E seu pai deixou que ele dormisse na sua cama à noite
E era sempre lá que ele dormia
Em uma folha de papel de papel com linhas azuis
ele escreveu um poema
E o intitulou "Outono"
porque era o nome da estação
E era o que estava em toda parte
E seu professor lhe deu um A
e o pediu para escrever com mais clareza
E sua mãe não o abraçou à porta da cozinha
por causa da pintura nova
E as crianças disseram a ele
que o padre Tracy fumava cigarros
E largava as guimbas no banco da igreja
E às vezes elas faziam buracos
Que era o ano de sua irmã usar óculos
com lentes grossas e armação preta
E a garota da esquina riu
quando ele pediu para ver Papai Noel
E os garotos perguntaram por que
a mãe e o pai se beijavam tanto
E seu pai não o cobria mais na cama à noite
E seu pai ficou furioso
quando ele chorou por isso.
Em um pedaço de papel de seu caderno
ele escreveu um poema
E o intitulou "Inocência: Uma Questão"
porque a questão era sobre uma garota
E isso estava em toda parte
E seu professor lhe deu um A
e um olhar muito estranho
E sua mãe não o abraçou à porta da cozinha
porque ele nunca o mostrou a ela
Foi o primeiro ano depois da morte do padre Tracy
E ele esqueceu como terminava
o Creio em Deus Pai
E ele pegou a irmã
se agarrando na varanda dos fundos
E sua mãe e seu pai nunca se beijavam
nem mesmo conversavam
E a garota da esquina
usava maquiagem demais
O que fez ele tossir quando a beijou
mas ele a beijou mesmo assim
porque era a coisa certa a fazer
E às três da manhã ele se aninhou na cama
seu pai roncava alto
É por isso que no verso de uma folha de papel pardo
ele tentou outro poema
E o intitulou "Absolutamente Nada"
Porque era o que estava em toda parte
E ele se deu um A
e um corte em cada maldito pulso
E se encostou na porta do banheiro
porque nessa hora ele não pensou
que poderia alcançar a cozinha."
Poema que Charlie deu a Patrick - autor desconhecido 
Página 80

"É legal ter coisas do futuro pra pensar" - Charlie
Página 220

Então, já leram o livro? Gostaram? Pretendem ler? Flw's